Doenças do Nariz

Sinusite

Sinusite (rinossinusite) é um processo inflamatório que acomete a mucosa nasossinusal, ou seja, narinas e seios da face.

Por que operar?

Pacientes com sinusite crônica (com ou sem polipose) que apresentam obstrução nasal, associada ou não a diminuição do olfato, presença de catarro no nariz ou escorrendo pela garganta, que não melhoraram com tratamento clínico. Nos casos de sinusite aguda complicada e grave.

O que esperar da cirurgia?

O objetivo da cirurgia é a drenagem dos seios da face através da remoção do bloqueio e drenagem do muco, através:
• Retirada de tecido infectado, inchado, ou danificado;
• Realizando uma abertura mais larga para a drenagem do catarro dos seios;

 

Como será a cirurgia da sinusite?

A cirurgia da sinusite – Cirurgia Endoscópica Nasossinusal – é realizada com o auxílio de endoscópios (ópticas), câmera e fonte de luz, tudo isso conectado a um monitor (televisão) possibilitando visualização dos detalhes importantes da anatomia durante a cirurgia. A cirurgia endoscópica é menos agressiva e tem uma menor taxa de complicações.
O endoscópio é inserido através do nariz e instrumental adequado é utilizado para remover pequenas quantidades de osso ou mucosa que bloqueiam as aberturas dos seios ou para remover tecidos (pólipos).

O que esperar depois da cirurgia?

• Congestão nasal, pequena quantidade de secreção clara e com sangue;
• Formação de crostas;
• Cabeceira elevada dois a três dias após cirurgia.

Como acelerar sua recuperação?

• Lavagem nasal com solução salina é essencial para evitar o acúmulo de crostas e secreção e deve ser realizada conforme orientação;
• Durante as primeiras semanas, deverá retornar ao consultório para ser examinado com um endoscópio;
• Evitar assoar o nariz;
• Evitar exercícios físicos ou esportes de contato por três a quatro semanas para prevenir o sangramento.

O pós-operatório é tão importante quanto à própria cirurgia e a participação do paciente é muito importante!