Doenças da Garganta

Faringite | Amigdalite

O que é?

Faringite /Amigdalite é a inflamação da mucosa da faringe e das amígdalas. Em 75% das vezes, trata-se de uma infecção viral; enquanto em 20-40% dos casos há uma infecção bacteriana. Na Faringite /Amigdalite viral, o paciente geralmente se queixa de dor de garganta, dificuldade para engolir e febre baixa; e apresenta sintomas sugestivos de gripe ou resfriado. Na Faringite /Amigdalite bacteriana, a dor de garganta se torna mais intensa, assim como a febre, não apresentando melhora com a medicação sintomática para a gripe. Outro tipo de Faringite /Amigdalite que pode ser encontrada é o tipo "amigdalite caseosa". A amigdalite caseosa é aquela onde há restos alimentares retidos na amígdala, que formam pequenas bolinhas brancas com cheiro ruim, denominadas "caseum". O paciente geralmente refere mau hálito e eliminação excessiva do "caseum". Sempre é importante pesquisar fatores predisponentes como doenças crônicas do nariz (rinite, sinusite) que ficam gotejando catarro cronicamente para a garganta, ou a doença do refluxo


Como posso tratar?

• Tratamento com medicamentos
Na Faringite /Amigdalite viral, o tratamento deve ser realizado com medicações sintomáticas como analgésicos, antitérmicos, antiinflamatórios. Uma vez diagnosticada Faringite /Amigdalite bacteriana, antibióticos devem ser prescritos. Na amigdalite caseosa, inicialmente tenta-se a melhora da higiene bucal e o tratamento de possíveis fatores predisponentes.

• Cirurgia na Faringite /Amigdalite (amigdalectomia)
A Cirurgia na Faringite /Amigdalite (amigdalectomia) está indicada nos pacientes que apresentam complicação da mesma com abscessos (acúmulo de pus), apesar do tratamento com remédios; e nos casos em que o paciente apresenta Faringite /Amigdalite de repetição. Na amigdalite caseosa, a amigdalectomia resolve efetivamente a queixa de caseum do paciente, com desaparecimento dos sintomas após a cirurgia.

Dicas são sempre bem vindas!

• Quando se está com amigdalite, a dor de garganta gera um desconforto importante. Use um analgésico ou antiinflamatório para alívio da dor até conversar com seu otorrinolaringologista.